terça-feira, 24 de janeiro de 2012

Saga Rosas Negras, Desejos Impuros de Laura Fernandez


Tipo sou só eu, ou vocês também adoraram o nome... "Desejos impuros" ? *-*




Sinopse 
Escαpαr, lá dentro de mim hαviα umα vontαde incontrolável de fugir dαquele lugαr. Mαs fugir não αdiαntαriα nαdα, pois ele continuαriα α viver em minhα mente, me consumindo e possuindo controle sobre mim cαdα vez mαis. Aquele sentimento que envolviα nós dois erα αlgo oculto, proibido, irresistível e FATAL. Tentei αté me αfαstαr dele, mαs querer não seriα o bαstαnte. Eu hαviα me αpαixonαdo por um homem sombrio, sedutor e Imortαl. Que estαvα prestes α me morder & mudαr α minhα vidα pαrα sempre.

 Desejσs Impurσs é deixαr-se levαr pelos seus instintos. Jαmαis se limitαndo αpenαs αo desejo dα cαrne, mαs tαmbém deixαndo este saciar o desejo do corαção.

Um Trechinho do capitulo Um 
Era meu primeiro dia de aula no colégio novo, cheguei de carro. Meu pai fez questão de me levar até lá, àquela situação era desconfortante para mim, ainda mais quando a minha mãe desceu do carro e resolveu me acompanhar até a sala de aula. Passei pelos corredores do imenso colégio com olhar meio desconfiado, rostos novos e desconhecidos passavam por mim. Mesmo tendo uma pose de aluna séria e recatada, por dentro eu estava "rezando” para ser aceita naquele novo lugar. Passamos por várias salas, umas cheias de alunos outras quase vazias, aparentemente a galera parecia ser auto-astral, era aquilo que eu precisava.
Entretanto, lá no fundo eu sentia falta da minha antiga cidade, das velhas amizadas. Eu não tive escolha, fui quase arrastada de lá para vir morar nesse fim de mundo. Respirei fundo, enfim chegamos à sala em que eu iria estudar pelo resto do ano. Parei na porta da sala e me despedi da minha mãe, que me abraçou e me deu um longo beijo no rosto, dei um sorriso amarelo de volta para ela e acenei ao vê-la descer as escadas. Agora sim, eu poderia entrar na sala sã e salva das caricias da minha mãe. Coloquei minha mochila azul marinho do ano passado em cima da carteira e me sentei. Olhei através da porta e comecei a pensar: Primeiro dia, novata, novos amigos, novas expectativas e metas para serem alcançadas. Era incrível como o meu coração estava  eufórico, mas mesmo assim mantive meu comportamento.

Foi então que Tia Lucimar entrou na sala. Uma senhora de quarenta e poucos anos de idade, pele parda, longos cabelos castanhos, com uniforme de funcionária e estatura mediana. Ela pediu para que os alunos se dirigissem para o estacionamento onde estava sendo realizada a festa de boas vindas (festa de boas vindas, essa é “boa”). Desci as escadas, encostei-me na parede e fiquei a observar. Nada fazia sentido, eu estava perdida ali. Vi pessoas se reencontrando, grupos de amigos conversando e eu era nada mais que uma intrusa naquele lugar. Meu desejo era de ir embora, mas para onde eu iria?

                                         

              A minha opinião(Tentei colocar o minimo de Spoilers possível) :  
Eu sei que em nenhuma das minhas outras postagens têm um espaço com o que eu acho do livro e tals... mais ai eu tava pensando, ano novo, resenhas novas piadinha sem graça rsrs ,  agora as minhas resenhas terão um pedaço no fim falando o que eu achei do livro, espero que vocês (e nem as donas do blog) se importem com isso... Mas   voltando ao que importa....
Desejos impuros: O que eu gostei no livro alem do franco  é que a mocinha não é aquele tipo estupido e ingenuo que você tem vontade de esgana, ela é um tipo mais garota real sabe? Com quem você ate se identifica. Agora tem a Vilã, a Carol, ela é aquele tipinho detestável que  você tem vontade de esganar o livro inteiro ¬¬ ...  A Thalita, até agora eu não me decide se eu gosto dela ou não, isso é estranho, a Thalita me confunde o.O .... E por ultimo mas não menos importante o Franco, eu devo admitir que eu tenho uma queda nãoo o tombo inteiro    por ele (talvez seja pelo simples fato que a autora imaginou ele como o lindo do Ian Somerhalder Damon), ele é todo misterioso e eu gosto disso, deixa você querendo saber mais do personagem é realmente legal (e eu realmente gosto de ver ele tentar convencer a Melina, a entrar pro Rosas Negras #ops spoiler), e temos o clichê da novata, que todos os escritores amam (estou me incluindo), por que todas já passamos por isso, e então nos identificamos com a pobre coitada da personagem... Eu estou realmente ansiosa por mais capítulos (só consegui sair de frente do pc, quando tinha acabado de ler), e a autora é uma fofa. 

 

 

 



Espero que tenham gostado, para acompanhar a historia é clicar aqui 

bjoo

 PS: Então o que acharam eu devo desistir dessa coisa de minha opinião( desculpem qualquer coisa)? 
PS²: Lembrando se você conhece algum blog com uma historia legal, e quer ver aqui no Descoberta Literária, é só deixar o link em uma das postagens que alguma de nos, dá uma olhada . 

3 comentários:

  1. Oie Marii, minha flooor.

    Ficou maravilhosooo o post, você está de parabéns, vou divulgar hoje mesmo no Blog.
    Ficou fantástico, você é incrível.
    Muito obrigadaaaaaaaaaaaaaaaaaaa.

    Beijos e conte sempre comigo *---*
    Que tal uma parceria? estou esperando resposta.

    ResponderExcluir
  2. É claro que eu topo fazer parceria com o seu blog, é só combinarrr *---* Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Gostei muito da sua resenha. Não conhecia o livro, mas já virei fã. Quem é capaz de resistir a Ian Somerhalder gente?

    Beijo ;D
    visite a comu do meu novo livro: http://www.orkut.com.br/Community?cmm=120832215&1326564034 vc vai gostar!

    ResponderExcluir