terça-feira, 3 de janeiro de 2012

Caçadores

Desculpe a minha ausencia, mas é que eu não estava conseguindo achar novidades para trazer a vocês. Felizmente eu consegui e logo lembrei de vir a vocês. Hoje trago a vocês Caçadores:

 
Sinopse: Sozinha e Caçada. Essa era a nova realidade da meia vampira Abigail Salazar. Mal ela descobre que tudo que ela acreditava não passava de uma grande farsa, ela é jogada em um mundo totalmente desconhecido, mas que sempre deveria ter sido a sua realidade. Abby, como faz questão de ser chamada é amparada por alguém que jamais imaginaria e enganada por quem mais ela confiava. E finalmente, atraída por um vampiro misterioso e aparentemente impiedoso que a envolve com a sua força sobrenatural. Abby sabe que ele tem sede pelo seu sangue e guarda um segredo que ela desconhece. Um segredo que poderá salvar sua vida ou ser a sentença de morte dela. Tudo depende dele. Mas a questão é ele estará disposto a matar e morrer por ela?

Trecho do primeiro capítulo: 

Primeiramente, notei seu cheiro. Depois de passar quase minha vida inteira ouvindo falar sobre eles, eu saberia reconhecer um vampiro. Não que fosse fácil, a olhos leigos de “humanos normais” eles passavam despercebidos, mas para olhos perspicazes de um dampiro as características vampirescas eram como um letreiro brilhante chamando-nos a caça. Todos os vampiros são incomparavelmente e incrivelmente bonitos e aquele não fugia a regra. Tudo neles, desde a aparência, pele branca e fria, a voz... O cheiro. Serviam apenas para atraírem humanos mais facilmente.

O vampiro em questão, já tinha escolhido sua presa. Uma mulher bonita e saudável, mas que se vestia como uma prostituta. O top preto mal segurava seus fartos seios e a mini saia mostrava mais do que escondia. Olhei a outras mulheres vestidas daquele mesmo jeito espalhadas pela calçada. Algumas se debruçavam em janelas dos automóveis de clientes em potencial. Bem ela não só se vestia como era de fato uma prostituta. Eu fiz uma careta ao olhar para o meu all star surrado e compará-lo as botas de couro preto e saltos finos que a prostituta calçava. Invejava mulheres que sabiam se manter sob um salto alto, sem acabar por torcer o seu tornozelo.

“Oh merda!” Praguejei baixinho. Eu os tinha perdido de vista. Meus olhos procuraram à figura vampiresca em meio à multidão, eu estive no rastro desse vampiro durante um mês. Os assassinatos e desaparecimentos inexplicáveis noticiados nas últimas semanas só podiam ser obras dele e eu tinha que fazer alguma coisa para detê-lo.


 Booktrailer



Comunidade da História

O que acharam? Comentem


Katherine

Um comentário:

  1. Amei esse seu blog, tbm estou seguindo o Destinada, adorei ^^

    Obrigada pelo carinho no Embalaço Artistic.

    Novo post e marcador :
    http://embalacoartistic.blogspot.com/2012/01/animal-cachorro.html

    Espero vc por lá ^^

    ResponderExcluir