terça-feira, 15 de março de 2011

Tempestade de Larissa Ferrari


“Todo sonho tem sua origem,
Mas nem todas são boas”





Uma meia anjinha lutando contra um poderoso vilão. Mas o mais importante, será que ela saberá diferenciá-lo de quem apenas lhe quer ajudar?


Um romance de lutas, sangue, bailes, prisões, fugas, traição e indecisão. Tudo misturado em uma completa Tempestade.


Tudo estava normal, entediante se vou ser sincera, nada podia dar errado, até ele chegar... e tirar de mim tudo que eu amava, minhas amizades, meu amor, meus medos e, por fim, minha alma...




PROLÓGO

Nossa você sabe como é chato ser a única garota meio-anjo em um escola cheia de patricinhas e garotas metidinhas? Não, claro que não, eu devo ser aúnica garota do mundo assim - pelo menos da escola eu acho que sou - também admito que não ajudo sendo gótica e tudo mais.

Desculpa, é que estou tão indignada da minha mãe ter me posto nesta escola, que até esqueci de me apresentar, vamos lá, meu nome é Ágata, tenho 16 anos, sou meia-anjo e estou no ensino médio em um internato misto cheio de alunos que me odeiam, só tenho uma amiga que se chama Monique, ela é loira e tem o olhos mais pretos que eu já vi. Dois amigos que são o Adam,um garoto muito bonito,loiro de olhos azuis, se não fosse sua fama de ser 
mão de vaca - que a propósito é verdadeira - já teria uma namorada e, Samuel, ele é bronzeado, alto e de cabelos castanhos, também muito bonito, só que não o meu tipo. Eu queria ter o príncipe sombrio, moreno e de olhos verdes com quem venho sonhando frequentemente, apesar de nunca ter visto ninguém parecido, mas fazer o quê, são só sonhos, mais uma adolescente pode sonhar, gente?

Ser metade anjo tem seus 
benefícios, como ter bela aparência, ser bastante resistente e outras coisas que ainda não descobri. Mas também tem seusmalefícios, como meus olhos, pois quando tenho uma emoção muito forte, o verde deles começa a ficar contornado de roxo e azul.

Estando na 
adolescencia seria esperado de mim escrever uma diário para me abrir com alguém - que seria um caderninho de papel - mas, ao invés disso, estou escrevendo meu próprio livro, minha biografia, que mais tarde vai ser marcada como ficção. Mas é realmente chato pensar em escrever um livro sobre vida, quando não acontece nada de interessante nela a ponto de por no papel, esse deve ser o prologo e a partir daqui divirtam-se lendo sobre a nada divertida e entediante vida de uma anjinha mestiça.



Esse aqui é o blog dela:
http://theroseoftheraven.blogspot.com/

Um comentário:

  1. Tempestade \O/\O/
    Sério gente, eu fico mto obrigada pela divulgação e por saberem que vcs gostam dos meus livros, não é sempre que uma jovem escritora ouve/lê isso *-*

    bjs,
    Larissa Ferrari

    ResponderExcluir