terça-feira, 15 de março de 2011

Saga Eleonor Evans de Marina Garcia

 
"Todas as batalhas são primeiro ganhas, ou perdidas, na mente"
Joana D'Arc 
Prólogo do Primeiro Livro
 
Minha vontade nesse momento era de gritar anunciando ao mundo todo a alegria que 
explodia em meu interior. A sensação de liberdade, o cheiro da grama recém molhada que
vinha da floresta trazida pela brisa e a esperança de que ele estaria lá, esperando por mim,
eram bálsamos para os meu piores medos.
Minha vontade nesse momento era de gritar anunciando ao mundo todo a alegria que explodia em meu interior. A sensação de liberdade, o cheiro da grama recém molhada que vinha da floresta trazida pela brisa e a esperança de que ele estaria lá, esperando por mim, eram bálsamos para os meu piores medos.
- Vamos Seth, se aprece um pouco mais. - ordenei ao garanhão negro que me carregava, dando-lhe tapinhas amigáveis. Como se houvesse escutado meu lamentos o cavalo aumentou seu ritmo.
O que eu faria para viver o meu desejo no futuro? A única coisa que pensava em quanto me fazia essa pergunta era o rosto dele. Sem mesmo enumerar ou fazer uma lista de razões pela qual lutava, a resposta definitiva é a de que ofereceria meu corpo, minha vida e minha alma para seguir meus objetivos.
Sempre vivi de acordo com as normas de meu pai: vista aquilo, coma isso, leia aquilo, treine isso, ande com essas pessoas... Nunca tive a chance de fazer minha próprias escolhas e confesso que a independência era viciante. Experimentar a liberdade era quebrar as regras, destruir e estabelecer novos laços e o principal de tudo era viver uma nova vida longe da minha família e perto de estranhos que fui ensinada a matar.
Meus instintos começaram a alertar sobre algo perigoso, um inimigo, com o cheiro almíscar forte, enquanto meu pulso explodia e meu corpo se preparava para uma luta que não iria acontecer. Era ele, como me prometeu ele estava aqui. Assim que ordenei ao cavalo que parace imediatamente, Seth empinou de maneira brusca. Como eu podia imaginar os piores perigos que enfrentaria, se quando olhava para seu sorriso meu coração se acalmava com em um passe de mágica?
Desci do cavalo o mais rápido que pude e corri em sua direção.
- Você esta aqui. - sussurrei envolvendo-me em seus braços. Meu porto seguro.
- Sou egoísta demais para deixá-la ir sem mim.

Gostaram do prólogo? Então para ler o resto é só ir no blog da história: http://eleonorevans.blogspot.com/

Ahh gente eu tenho que dizer que as capas da saga são LINDAS DEMAIS e eu não resisti e resolvi mostrar:




Legal né?

Bjuss

Katherine

Um comentário:

  1. Amei seu blog *-*-*

    Aceita parceria: http://wishoffashion.blogspot.com/ ??

    Juro perfeito mesmo e as dicas também parecem ser ótimas. Estou lendo "Jane Austen – A Vampira" que é muito bom recomendo.

    Beijos, Mandy

    ResponderExcluir